.posts recentes

. Comprovativo de recebimen...

. Conforme tinha prometido....

. Neobux - 1º recebimento

. Neobux

. Art'Douro

. Neobux

. PTC - Paid To Click

. Ganhar dinheiro com a int...

. Matar o Sócrates não é so...

. Sócrates debaixo de fogo.

.arquivos

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Novembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

Quarta-feira, 28 de Novembro de 2007

Estão a ver?!!

Abortos muito abaixo do previsto (DN)
tags:
publicado por vigoras às 09:30
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Terça-feira, 27 de Novembro de 2007

Enigma 1

O que devo fazer para repartir 11 batatas por 7 pessoas?
tags:
publicado por vigoras às 17:02
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Segunda-feira, 19 de Novembro de 2007

Os amigos...

Um dia a maioria de nós irá separar-se. Sentiremos saudades de todas as conversas jogadas fora, das descobertas que fizemos, dos sonhos que tivemos, dos tantos risos e momentos que partilhamos. Saudades até dos momentos de lágrimas, da angústia, das vésperas dos finais de semana, dos finais de ano, enfim... do companheirismo vivido. Sempre pensei que as amizades continuassem para sempre. Hoje não tenho mais tanta certeza disso. Em breve cada um vai para seu lado, seja pelo destino ou por algum desentendimento, segue a sua vida. Talvez continuemos a nos encontrar, quem sabe... nas cartas que trocaremos. Podemos falar ao telefone e dizer algumas tolices... Aí, os dias vão passar, meses...anos... até este contacto se tornar cada vez mais raro. Vamo-nos perder no tempo... Um dia os nossos filhos verão as nossas fotografias e perguntarão:

"- Quem são aquelas pessoas?"

Diremos...que eram nossos amigos e...... isso vai doer tanto!

 

"- Foram meus amigos, foi com eles que vivi tantos bons anos da minha vida."

A saudade vai apertar bem dentro do peito. Vai dar vontade de ligar, ouvir aquelas vozes novamente... Quando o nosso grupo estiver incompleto... reunir-nos-emos para um último adeus de um amigo. E, entre lágrima abraçar-nos-emos. Então faremos promessas de nos encontrar mais vezes daquele dia em diante. Por fim, cada um vai para o seu lado para continuar a viver a sua vida, isolada do passado. E perder-nos-emos no tempo... Por isso, fica aqui um pedido deste humilde amigo: não deixes que a vida passe em branco, e que pequenas adversidades sejam a causa de grandes tempestades... Eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem morrido todos os meus amores, mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos!

 

Fernando Pessoa

publicado por vigoras às 10:02
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Quarta-feira, 14 de Novembro de 2007

Portugal, país de brandos Costumes

Já fomos donos de metade do mundo.
Passamos ao lado de duas guerras mundiais.
Lutamos contra as nossas próprias ex-colónias, acabando por as dar já na miséria.
 
Hoje.
Vendemos a nossa economia aos espanhóis.
Estamos a vender a nossa selecção de futebol aos brasileiros.
 
Que futuro temos nós?
Que futuro terão as nossas crianças?
 
Se:
-         Não temos ensino de qualidade.
-         Não temos sistema de saúde com qualidade.
-         Não temos políticos com qualidade.
-         Não temos vontade política de alterar as coisas.
-         Não temos lideres que deixem de olhar para o seu umbigo.
 
O que podemos esperar?
 
publicado por vigoras às 10:06
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Terça-feira, 13 de Novembro de 2007

É justo isto?

Alberto Costa decidiu que o seu Ministério precisava de estourar com 176 mil euros em 5 carros de luxo, alguns para substituir carros de luxo adquiridos em 2004, noticia o DN.

 

Pois, nós por cá, é ver os tribunais sem dotação orçamental para sequer arranjar tectos. E cheios de sorte, porque este ano teima em chover. É ver os magistrados deslocarem-se em carros da PJ, porque o ministério não tem dinheiro, nem para comprar um Clio. Não quero com isto dizer que a PJ, ande mal calçada, mas...

 

Bem, da minha parte, acho melhor pedir asilo a Espanha... pois ao menos vive-se melhor... até tem gente que manda calar Hugo Chavéz.

 

Nós por cá, vamos laber-lhe as botas, na sua próxima visita dele, a Portugal, que salvo erro ainda é este mês.

publicado por vigoras às 12:26
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito
Segunda-feira, 12 de Novembro de 2007

Mulheres modernas, hein!!!

São 5.30H da manhã, o despertador não pára de tocar e não tenho forças nem para atirá-lo contra a parede. Estou acabada. Não quero ir trabalhar hoje.

Quero ficar em casa, a cozinhar, a ouvir música, a cantar, etc. Se tivesse um cão levava-o a passear nos arredores. Tudo menos sair da cama, meter a primeira e ter de por o cérebro a funcionar.


Gostava de saber quem foi a bruxa imbecil, a matriz das feministas que teve a ideia de reivindicar os direitos da mulher e porque o fez connosco que nascemos depois dela?

Estava tudo tão bem no tempo das nossas avós, elas passavam o dia todo a bordar, a trocar receitas com as suas amigas, ensinando-se mutuamente segredos de condimentos, truques, remédios caseiros, lendo bons livros das bibliotecas dos seus maridos, decorando a casa, podando árvores, plantando flores, recolhendo legumes das hortas e educando os filhos. A vida era um grande curso de artesãos, medicinas alternativas e de cozinha.

Depois ainda ficou melhor, tivemos os serviços, chegou o telefone, as telenovelas, a pílula, o centro comercial, o cartão de credito, a Internet!

 

Quantas horas de paz a sós e de realização pessoal nos trouxe a tecnologia!

Até que veio uma tipa, que pelos vistos não gostava do corpinho que tinha, para contaminar as outras rebeldes inconsequentes com ideias raras sobre vamos conquistar o nosso espaço! Que espaço?! Que caraças!

 

Se já tínhamos a casa inteira, o bairro era nosso, o mundo a nossos pés!!!

 

Tínhamos o domínio completo dos nossos homens, eles dependiam de nós, para comer, vestirem-se e para parecerem bem à frente dos amigos e agora?

 

Onde é que eles estão???

Nosso espaço???!!!

Agora eles estão confundidos, não sabem que papel desempenham na sociedade, fogem de nós como o diabo da cruz.

 

Essa piada..., acabou por encher-nos de deveres.

E o pior de tudo acabou lançando-nos no calabouço da solteirice crónica aguda!!!!

Antigamente os casamentos eram para sempre. Porquê?

Digam-me porquê, um sexo que tinha tudo do melhor que só necessitava de ser frágil e deixar-se guiar pela vida começou a competir com os machos?

 

A quem ocorreu tal ideia?

Vejam o tamanhão dos bíceps deles e vejam o tamanho dos nossos! Estava muito claro que isso não ia terminar bem.

 

Não aguento mais ser obrigada ao ritual diário de ser magra como uma escova, mas com as mamas e o rabo rijos, para o qual tenho que me matar no ginásio, ou de juntar dinheiro para fazer uma mamoplastia, uma lipo, ou implantes nas nádegas... Alem de morrer de fome, pôr hidratantes, anti-rugas, padecer do complexo do radiador velho a beber água a toda a hora e acima de tudo ter armas para não cair vencida pela velhice, maquilhar-me impecavelmente cada manha desde a cara ao decote, ter o cabelo impecável e não me atrasar com as madeixas, que os cabelos brancos são pior que a lepra, escolher bem a roupa, os sapatos e os acessórios, não vá não estar apresentável para a reunião do
trabalho.

 

E não só, mas também ter que decidir que perfume combina com o meu humor, ter de sair a correr  para ficar engarrafada no transito e ter que resolver metade das coisas pelo telemóvel, correr o risco de ser assaltada ou de morrer numa investida de um autocarro ou de uma mota, instalar-me todo o dia em frente ao PC, trabalhar como uma escrava, moderna claro esta, com um telefone ao ouvido a resolver problemas uns atrás dos outros, que ainda por cima não são os meus problemas!!! Tudo para sair com os olhos vermelhos -
pelo monitor, porque para chorar de amor não há tempo!

E olhem que tínhamos tudo resolvido, estamos a pagar o preço por estar sempre em forma, sem estrias, depiladas, sorridentes, perfumadas, unhas perfeitas, operadas, sem falar do currículo impecável, cheio de diplomas, de doutoramentos e especialidades, tornámo-nos super-mulheres mas continuamos a ganhar menos que eles e de todos os modos são eles que nos dão ordens!!!!

 

Que desastre!

Não seria muito melhor continuar a cozer numa cadeira?? Basta!!! Quero alguém que me abra a porta para que possa passar, que me puxe a cadeira quando me vou sentar, que mande flores, cartinhas com poesias, que me faça serenatas à janela!

 

Se nós já sabíamos que tínhamos um cérebro e que o podíamos utilizar para quê ter que demonstra-lo a eles??

 

Ai meu Deus, são 6.10H, e tenho que levantar-me da cama...

Que fria está esta solitária e enorme cama!

Ahhhh... Quero um maridinho que chegue do trabalho, que se sente no sofá e me diga: Meu amor não me trazes um whisky por favor? Ou: O que há para jantar? Porque descobri que é muito melhor servir-lhe um jantar caseiro do que atragantar-me com uma sanduíche e uma Coca-Cola light enquanto termino o trabalho que trouxe para casa.

Pensas que estou a ironizar ou a exagerar?

Não minhas queridas amigas, colegas inteligentes, realizadas, liberais....e idiotas!

Estou a falar muito seriamente:

ABDICO DO MEU POSTO DE MULHER MODERNA !!!

E DIGO MAIS:

A maior prova da superioridade feminina era o facto de os homens esfalfarem-se a trabalhar para sustentar a nossa vida boa!

Agora somos iguais a eles!

Texto cedido por: Lia Bettencourt Gesta
http://ascoisaspelonome.blogspot.com


tags:
publicado por vigoras às 15:56
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito

Capuchinho vermelho - versão ano 2027

Ora, como será a juventude de hoje a contar histórias aos filhinhos daqui a uns anos?
 
Bom, posso afirmar que será qualquer coisa assim...
Tás a ver uma dama com um gorro vermelho? Yah, essa cena! A pita foi obrigada pela kota dela a ir à toca da velha levar umas cenas, pq a velha tava a bater mal, tázaver? E então disse-lhe:
              - Ouve, nem te passes! Népia dessa cena de ires pelo refundido das árvores, que salta-te um meco marado dos cornos para a frente e depois tenho a bófia à cola!
             Pá, a pita enfia a carapuça e vai na descontra pela estrada, mas a toca da velha era bué longe, e a pita cagou na cena da kota dela e enfiou-se pelo bosque. Népia de mitra, na boa e tal, curtindo o som do iPod…
             É então que, ouve, salta um baita dog marado, todo chinado e bué ugly mêmo, que vira-se pa ela e grita:
             - Yoh, tá td? Dd tc?
            - Tásse… do gueto alí! E tu, tásse? – disse a pita
            - Yah! E atão, q se faz?
            - Seca, man! Vou levar o pacote à velha que mora ao fundo da track, que tá kuma moka do camano!
            - Marado, marado!... Bute ripar uma até lá?
            - Epá, má onda, tásaver? A minha cota não curte dessas cenas e põe-me de pildra se me cata…
            - Dasse, a cota não tá aqui, dama! Bute ripar até à casa da tua velha, até te dou avanço, só naquela da curtição. Sem guita ao barulho nem nada.
            - Yah prontes, na boa. Vais levar um baile katéte passas!!!
              E lá riparam. Só que o dog enfiou-se por um short no meio do mato e chegou à toca da velha na maior, com bué avanço, tásaver? Manda um toque na porta, a velha "quem é e o camano" e ele "ah e tal, e não sei quê, que eu sou a pita do gorro vermelho, e na na na…", a velha abre a porta e PIMBA, o dog papa-a toda… Mas mesmo, abre a bocarra e o camano e até chuchou os dedos…
             O mano chega, vai ao móvel da velha, saca uma shirt assim mêmo á velha que a meca tinha lá, mete uns glasses na tromba e enfia-se no VL… o gajo tava bué abichanado mêmo, mas a larica era muita e a pita era à maneira, tásaver?
             A pita chega, e tal, e malha na porta da velha.
           - Basa aí cá pa dentro! – grita o dog.
            - Yo, velhita, tásse?
            - Tásse e tal, cuma moca do camâno... mas na boa…
            - Toma esta cena, pa mamares-te toda aí…
            - Bacano, pa ver se trato esta cena.
            - Pá, mica uma cena: pa ke é esses baita olhos, man?
            - Pá, pa micar melhor a cena, tásaver?
            - Yah, yah… E os abanos, bué da bigs, pa ke é?
            - Pá, pa poder controlar melhor a cena à volta, tásaver?
            - Yah, bacano… e essa cremalheira toda janada e bué big? Pa que é a cena?
            - É PA CHINAR ESSE CORPO TODO!!! GRRRRRRRR!!!!
  E o dog manda-se à pita, naquela mêmo de a engolir, né? Só que a pita dá-lhe à brava na capoeira e saca um back-kick mesmo directo aos tomates do man e basa porta fora! Vai pela rua aos berros e tal, o dog vem atrás e dá-lhe um ganda-baite, pimba, mêmo nas nalgas, e quando vai pa engolir a gaja aparece um meco daqueles que corta as cenas cum serrote, saca de machado e afinfa-lhe mêmo nos cornos. O dog kinou logo alí, o mano china a belly do dog e saca de lá a velha toda cheia da nhanha. Ina man, a malta a gregoriar-se toda!!! E prontes, já tá…
publicado por vigoras às 15:39
link do post | comentar | favorito

Bacia da barragem de Castelo do Bode

Este fim de semana fui, com mais nove amigos, remar pela bacia da barragem de Castelo do Bode.

 

 

Saímos da Foz de Alge, e fomos até a Aldeia do Mato, bem próximo do paredão da barragem. A ideia inicial era ir mesmo até ao paredão, mas não obtivemos autorização para isso por parte da EDP, dado que teríamos de usar depois para sair da água as infraestruturas deles, nomeadamente a rampa de acesso à água.

 

 

Foram cerca de 61 kms a remar.

 

 

Já tinha percorrido, por estrada, todo o perímetro da bacia do Castelo do Bode, e achava e continuo a achar fabulosa paisagem, com belas vilas e aldeias a visitar. Aqui destaco Dornes, e a sua penìnsula. Há lugares bonitos a visitar também. Destaco o Penedo Furado, com a sua imponente vista. 

 

 

Mas este passeio, deixou-me com vontade de por um risco por cima da barragem de Castelo do Bode, e não voltar a remar lá.

 

 

Apesar das suas águas, serem do melhor... a paisagem ao logo dos 60 kms é sempre igual, eucalipto... eucalipto.... uma parcela ainda por arder, com pinheiros... eucalipto... a assim sucessivamente.

 

 

Como o meio de locomoção que que fiz transportar é lento, vejam demoramos 4h30m a fazer os primeiros 30 kms, acaba por a paisagem ser muito monotona, aliada ao facto do plano de água ser muito largo, e com grandes rectas.

 

 

Resumindo, é um local agradável e recomendável a visitar, mas não de kayak...

publicado por vigoras às 11:38
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quinta-feira, 8 de Novembro de 2007

Um pouco de cultura nunca fez mal a ninguém...

TUDO O QUE SEMPRE QUISESTE SABER SOBRE PEIDOS E TINHAS MEDO DE PERGUNTAR!

Do que é feito o peido?

A composição do gás é altamente variável. A maior parte do ar que engolimos, especialmente o componente Oxigénio, é absorvido pelo corpo antes do gás  alcançar os intestinos. Quando o ar atinge os intestinos, a maior parte do  que resta é nitrogénio. Reacções químicas entre o ácido
estomacal e   os  fluidos intestinais também podem produzir dióxido de carbono, que também é um componente do ar e um produto da acção bacteriana. As bactérias também produzem hidrogénio e metano.


O que faz os peidos cheirarem?

O odor dos peidos vem de pequenas quantidades de  sulfeto de hidrogénio (gás sulfídrico). Esses compostos contêm enxofre. Quanto  mais rica em enxofre for sua dieta, mais desses gases vão ser produzidos pelas bactérias no seu intestino e mais os seus peidos vão cheirar mal. Pratos como couve-flor, ovos e carne são notórios  por produzirem peidos mal-cheirosos, enquanto feijão produz grandes  quantidades de peidos não necessariamente mal-cheirosos.


Porquê que os peidos fazem barulho?

Os sons são produzidos pela vibração da abertura anal. O som depende  da velocidade da expulsão do gás e de quanto estreita for a abertura dos músculos do esfíncter anal.


Quanto gás uma pessoa normal produz por dia?

Em média, uma pessoa produz mais ou menos um litro de peido por dia, distribuído em cerca de 14 peidos diários. Pode ser  difícil para si determinar o volume dos seus peidos diários, pode estimar quantas vezes peida. Pense nisso como uma pequena experiência científica . Anote tudo o que  come e conte o número de vezes que peida. Pode inclusive anotar sobre
o fedor deles. Veja se consegue descobrir uma relação entre o que come, quanto peida e quanto os seus peidos fedem.


É verdade que algumas pessoas nunca se peidam?

Não, se elas estiverem vivas. As pessoas podem peidar até mesmo um pouco depois de mortas.


Até estrelas de cinema peidam?

Sim. Assim como avós, padres, reis, príncipes, cantores de ópera,stripers, misses e freiras. Até o Darth Vader  peida-se.


Os homens peidam-se mais que mulheres?

Não, mulheres peidam tanto quanto homens. O caso é  que os homens têm mais orgulho disso.


Em que parte do dia um gentleman está mais sujeito a peidar?

Durante a manhã, quando estiver no WC. Isso é conhecido como "trovão matinal", e se o gentleman conseguir uma boa ressonância, pode ser ouvido na casa inteira.


Para onde vão os peidos quando os seguramos?

Os médicos concordam que o peido não é nem libertado nem absorvido. Ele simplesmente volta para os intestinos e sai depois.  Isso reafirma o facto de que os peidos não são realmente perdidos, e sim adiados.


É possível mesmo "acender" peidos?

A resposta para isso é SIM! Entretanto, deve estar avisado de que colocar um peido em ignição é perigoso. Não só a chama pode subir de volta para seu cólon, como a sua roupa e o que estiver ao redor pode pegar fogo.


Cheirar peido dá "moca"?

Não se conhecem agentes intoxicantes na  flatulência. Entretanto, a maior parte dos peidos contém muito pouco oxigénio e você  pode ficar tonto se inalar uma quantidade super concentrada de essência de peido, simplesmente por falta de oxigénio.


Um peido pode matar?

A opinião médica é que não, um peido não pode ser fatal. Mas se tentar bastante e com afinco, pode matar-se com qualquer coisa.


É possível enlatar um peido para uso posterior?

Teoricamente sim, mas há uma série de problemas  logísticos. Você pode tentar usar um saco plástico ao invés de uma lata. Experimente como em vários sacos plásticos e feche, vede com cuidado.  Então eleja voluntários para cheirar o conteúdo dos sacos para ver se eles conseguem dizer se o que tem ali  dentro é peido ou é ar.


Que cor tem o peido?

Regra geral, incolores, por causa dos gases que o constituem. Imaginem como seria interessante dar peidos coloridos.


Outras pessoas cheiram mais o peido do que que  peidou?

O peido deveria cheirar tanto para quem o fez como para as outras pessoas. Mas quem fez está protegido pelo facto de que  repeliu o ar para longe do seu corpo numa direcção oposta à do seu nariz.  Peidar contra o vento anula essa vantagem.

tags:
publicado por vigoras às 12:04
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Sexta-feira, 2 de Novembro de 2007

365 dias de posts

Eis que completei o primeiro ciclo de posts...

 

Foram 365 dias, com postagens nos mais variados campos, com abordagens aos vários niveis.

 

Foram 365 dias, nem todos com posts novos, mas que deu para reavivar contactos mais ou menos perdidos... deu para exercitar a ponta dos dedos (caso contrário, não o faria)... e deu para fazer contactos novos.... pessoas com quem teclamos e dizemos coisas... mas que vivemos de costas voltadas se um dia nos cruzarmos na rua... por um acaso.

 

Foram 365 dias, curtidos... com horas retiradas à familia... ao trabalho...

 

Foram 365 dias....

 

...a repetir.

publicado por vigoras às 16:57
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.tags

. kayak(26)

. s. joão da madeira(15)

. pensamentos(13)

. anedota(11)

. enigma(11)

. ptc(8)

. amigos da pagaia(7)

. politica(7)

. política(5)

. aborto(4)

. anedota da vida real(4)

. férias(4)

. fumar(4)

. geocaching(4)

. kayak de mar(4)

. mulher(4)

. neobux(4)

. sipre(4)

. 8ª avenida(3)

. berlengas(3)

. psd(3)

. referendo(3)

. ria de aveiro(3)

. slb(3)

. 25 de abril(2)

. brasil(2)

. cds/pp(2)

. china(2)

. futebol(2)

. hospital s. sebastião(2)

. part-time(2)

. produtividade(2)

. saúde(2)

. sesimbra(2)

. tróia(2)

. 1 de maio(1)

. 25-7-2007(1)

. 29 de fevereiro(1)

. actualidade(1)

. adivinha(1)

. água da companhia(1)

. alô angola(1)

. ambiente(1)

. andré sardet(1)

. art'douro(1)

. bike(1)

. bonecos(1)

. castelo do bode(1)

. chile(1)

. cinema(1)

. civismo(1)

. convite(1)

. curiosidade(1)

. curiosidades(1)

. david santos(1)

. défice público(1)

. descidas(1)

. dia dos namorados(1)

. dia mundial da água(1)

. dia mundial da alimentação(1)

. dia mundial da criança(1)

. dióxido carbono(1)

. eça de queiroz(1)

. educação(1)

. el solitário(1)

. espanha(1)

. espírito de grupo(1)

. estou...(1)

. factos(1)

. familia(1)

. fátima a pé(1)

. fernando pessoa(1)

. fmi(1)

. frases(1)

. hipotermia(1)

. jantar(1)

. jardim de infância(1)

. kayak polo(1)

. kayak-polo(1)

. liberdade(1)

. lotbux(1)

. madeleine(1)

. matemática(1)

. mineiros(1)

. moon cake(1)

. murano evolution(1)

. nazaré(1)

. nuno gomes(1)

. oe2011(1)

. óleo alimentar usado(1)

. país real(1)

. pasta de papel(1)

. paulo lisboa(1)

. peido(1)

. peregrinação(1)

. petição(1)

. poluição(1)

. porquê(1)

. porto bike tour(1)

. primavera(1)

. todas as tags

.links

.Mapa Mundo

Locations of visitors to this page

.Nº de Visitantes

Web Counter
HTML Counter
online
blogs SAPO