.posts recentes

. Assim foi o Cávado...

. Kayak de Mar - España

. Espírito de Grupo

. Assim foi o Douro...

. Aviso à navegação

. O Norte Desportivo

. Forum de Kayak de Mar em ...

.arquivos

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Novembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

Segunda-feira, 19 de Março de 2007

Assim foi o Cávado...

Dia propício à prática da canoagem, foi como se nos apresentou o sábado, 17 de Março de 2007.

Com os relógios todos acertados pelo horário de Inverno - aqui faço um reparo, pois o meu sempre esteve com a hora de Verão, gosto mais!! - chegamos todos, sem excepção ao ponto de encontro, à hora combinada, ao bom estilo dos Amigos da Pagaia.

Chegados ao local de partida, começamos a preparar as coisas, para uma subida que se esperava de "descida" - a fazer fé  às palavras de um amigo meu - a maré iria estar a nosso favor em todo o percurso.

Logo, começaram as primeiras dificuldades... parado na água, deslocava-me para trás à velocidade de 3 kms/h. A remar conseguia atingir os 7 kms/h. Considerando que remamos durante 2h30m, entendo pela regra de 3 simples, que remei 7,5 kms sobre a mesma posição (tipo tapete rolante de ginásio) mais 12 kms para a frente, o que prefaz um total de 19,5 kms...

Mas, como para voltar ao ponto de onde tinha partido só tive que remar 12 kms, fiquei um pouco baralhado, pois para subir o rio fiz 19,5 kms e para descer só fiz 12kms.

Quase que fiquei convencido que a margem se mexeu...!!! pois é a unica explicação que encontro para tal discrepância: A margem, enquanto paramos para almoçar, deslocou-se no sentido da foz, mais ou menos 7 kms.

Depois desta pequena confusão matemática, que me surgiu... o passeio, rio acima continuava...

Efectivamente, considero o Rio Cávado, um rio agradável para a navegar... se bem (e ainda bem) não tem âncoradouros nem locais de visitas para barcos ruídosos e motas d'água... Estas ficam-se por Esposende e onde houver assistência nas margens... Que triste espectáculo!

Bem, as margens do Cávado estão completamente selvagens. Imaginem que nem pescadores à cana se vêem... A unica coisa que se vê são aves aquáticas - patos selvagens, mergulhões, garças, etc... - e algumas aves de rapina - pareciam dois milhafres - mas não quero afirmar pois começo a ver mal ao longe.

Ah!!! Estava a esquecer-me! Vimos também um exemplar de uma espécie em vias de extinção... uma carrinha VW conhecida por "Pão de Forma". Enfim, efeitos descivillizáveis... Mas nada a que, quem anda por esses rios fora, não esteja infelizmente habituado a ver.

E eis que chegamos ao ponto de chegada (intermédio) - mais conhecido como ponto de retorno - e nada melhor do que dar um mergulho. Com efeito, foi o que me aconteceu...

Armado em "Chico Esperto" quis abordar um antigo açude por uma lateral - contrariando todas as regras de bom remador - onde o rio tem mais força em sentido prependicular ao kayak. Quando a proa entrou na corrente, predispus-me a fazer o apoio com a pagaia, e quando realizo a manobra, já o kayak não estava debaixo de mim (risos)...

Logo, procedemos ao resgate, o que foi realizado rapidamente e com sucesso.

De seguida, paramos para recuperar forças (pausa alimentar) e continuamos a nossa viagem de regresso, que mais uma vez esperavamos que fossemos descer o rio, mas que força do desacerto do meu amigo, continuamos "subindo". Não se trata aqui de um problema gramatical, mas sim, de um problema de corrente.

Até à próxima, Cávado... havemos de voltar...

 

N.B. - Podem ver fotos deste magnifico passeio nos sites da concorrência, os quais me deveriam agradecer pela publicidade gratuita aos respectivos sites (eu não sou como o 6oo9le...)

A Pagaia do Gadelhas e em Kayak Tour

publicado por vigoras às 15:59
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sexta-feira, 9 de Março de 2007

Kayak de Mar - España

Hola Amigos,

Para quando una salida internacional, entre los Amigos da Pagaia y os foreros de kayak de Mar?

    Y           

publicado por vigoras às 12:07
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 27 de Fevereiro de 2007

Espírito de Grupo

Muito se tem falado sobre este tema, mas muito pouco se tem dito. Com efeito, ainda não vi uma definição de ESPÍRITO DE GRUPO.
 
No caso concreto dos Amigos da Pagaia, no qual me incluo, entendo que primeiro se deveria esclarecer o conceito de grupo. Efectivamente, somos um grupo, mas um grupo secundário.
 
Quero com isto dizer que, somos um grupo em constante crescimento e que, portanto, não haverá a mesma aproximação com A (que criei entretanto outras relações dentro do grupo) do que com Z (que conheci hoje, e que nem sequer falamos, nem trocamos olhares) pelos mais variados pontos. A seguir, entendo que as nossas relações (entre membros do grupo) são formais e pontuais. Logo dificilmente, poderemos ser um grupo coeso, em momentos de descompressão.
 
Lógico, será que em momentos de aflição estejamos todos juntos… Mas ainda bem que nunca o experimentamos.
 
Daqui resulta, que para mím, o que consigo definir como Espirito de Grupo, não é nada mais nada menos que um interesse comum por uma motivação que nos une.
 
No caso particular dos Amigos da Pagaia, entendo que:
1 - ninguém se dá mal com ninguém, mas todos temos uma maior aproximação a um ou outro individualmente, o que justifica a existência da relação formal no grupo.
 
2 – ninguém se sente responsável por ninguém, mas todos se sentem responsáveis por alguém. Com isto entendo, que durante um passeio, preferencialmente remamos próximos de quem temos mais afinidade, sem com isso dizer que não existe aproximação aos novos. Sim!!! Porque senão, os novos que existem em todos os passeios, não repetiriam a sua aparição.
 
3 – Sou novo no seio deste grupo, mas já me apercebi… desde o meu primeiro passeio… que nunca ninguém fica para trás… Existem sempre alguém com mais experiência que acompanha os menos experientes. Exemplos disto, são aos montes, e existem em todos os passeios que participei. No Minho, o Carlos Martins, ficou para trás para acompanhar os mais lentos, eventualmente alguns novos!!! (aqui não sei)
Em Aveiro, houve que fazer um resgate na água, e este foi realizado com sucesso pelo grupo. No caso, como a seguir houve desistência na continuação do kayakista que virou… todo o grupo ficou a aguardar que se reagrupasse com os amigos que ficaram para trás no resgate. No Douro, o baidarka no momento de necessidade remava acompanhado pelo aerius, e quando foi necessário, várias embarcações se atiraram à água em auxílio. A Rosário remava acompanhada pelo Hugo, alguém deu pela falta no reagrupamento, e alguém foi em busca deles…
 
Não sou extremista ao ponto de sacrificar os mais fracos para se tornar um grupo forte. Aliás, o lema do Grupo dos Amigos da Pagaia é “Remar entre as refeições”.
 
Lema este com um cariz de peso.
 
Para terminar, gostaria de deixar aqui a minha impressão sobre o que entendo o Espírito de Grupo, no contexto AP.
Tendo por base o que expus, entendo que o Espírito de Grupo estará sempre presente, em qualquer actividade, sendo ferido o seu conceito quando alguém disser que remou “abandonado” .
 
Por fim, gostaria que todos expressassem o seu conceito individual de Espirito de grupo, também para eu poder alargar e afinar a minha definição.
 

Obrigado.

publicado por vigoras às 18:05
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
Segunda-feira, 26 de Fevereiro de 2007

Assim foi o Douro...

Inserido em mais uma actividade dos Amigos da Pagaia, desci este fim de semana, o Rio Douro, desde a Barragem da Valeira e a barragem de Balaúste (Régua).

O Rio Douro, por força das chuvas e para fazer jus ao seu nome, apresentava-se com uma cor dourada, e em alguns pontos cheio de remoinhos. Nada que não estivesse à espera...

Do que eu não estava à espera, era da quantidade de amigos que se juntaram na água. A remar, ou a descer parados em cima da água, éramos 30. Foi assim, batido o record dos Amigos da Pagaia, no que diz respeito ao número de participantes.

A fazer jus à desorganização organizada, que tanto nos honra, conseguimos mais uma vez cumprir... Saímos para a água, já passava das 13horas, depois de termos combinado sair por volta das 10h....

Da surpresa prometida pelo Nelson, estava uma delícia - a verdadeira surpresa - embora nos tenha presenteado com várias surpresas. De destacar, logo antes de arrancarmos de nossas casas para o Douro, os peixes do rio que viraram frangos, depois estes... vieram para o acampamento a pé (a medir pelo tempo que demoraram a chegar)!!!

No 2º dia outra surpresa, havia sol para todos, quando o dia tinha acordado zangado, com bastante vento.

Para concluir, foi um passeio bastante agradável, e que se poderia repetir para o ano, desta vez a realizar em Setembro.

publicado por vigoras às 12:28
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
Quinta-feira, 1 de Fevereiro de 2007

Aviso à navegação

Desta vez, o termo navegação é utilizado no real sentido da palavra... apesar de estar a ser usado aqui, nas minhas "navegações" pela internet.

Assim, aviso todos os navegadores, no verdadeiro sentido da palavra, que iremos (e digo iremos, porque estou esperançado em ficar bom da rótula) descer o rio Douro, em kayak, nos próximos dias 24 e 25 de Fevereiro, desde a Barragem da Valeira até à Barragem de Balaúste (Régua), numa distância aproximada de 40 kms.

Convido todos os que possuam kayak próprio, ou emprestado, ou por outro meio, a juntarem-se a nós, atendendo a que estão reunidas todas as condições ideais para a passagem de fim de semana em grande, desde da paisagem à camaradagem.

Para os interessados podem acompanhar o desenvolvimento desta actividade, clicando na própria palavra, ou consultando directamente o site dos AMIGOS DA PAGAIA. Aqui encontrarão informações sobre esta actividade, e sobre outras actividades passadas e futuras.

Para finalizar, e como nota de rodapé, convém referir que, nestas saídas que fazemos regularmente em conjunto, não há organização responsável por nada, pelo que cada um é responsável por si próprio.

publicado por vigoras às 19:13
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 25 de Janeiro de 2007

O Norte Desportivo

Foi com agradável surpresa e com muita admiração que verifiquei que os Amigos da Pagaia estão a ultrapassar os limites do desconhecido.

De um grupo de amigos que se juntam para remar lado a lado, passam a notícia em Jornal desportivo.

Fomos contactados por um jornalista do Jornal O NORTE DESPORTIVO, no sentido de estar interessado em falar de uma actividade que vamos fazer (eu não vou, porque estou lesionado) no próximo dia 27, que é a descida do rio Tâmega até à Barragem do Torrão, bem como dos Amigos da Pagaia, como um grupo de amigos com o gosto comum pela canoagem de águas lisas e mar, na sua vertente de turismo.

Portanto amigos, cheguem-se à frente para comprar a edição de Sábado d' O Norte Desportivo, porque o mesmo vai esgostar...

publicado por vigoras às 17:46
link do post | comentar | favorito
Domingo, 7 de Janeiro de 2007

Forum de Kayak de Mar em Espanha

Pois é amigos...

Também visito regularmente este site. Trata-se de um ponto de encontro de canoistas, que como nós gostam do kayak de mar. Estão organizados nos mesmos moldes que os amigos da pagaia

Vale a pena visitar...

 

P.S. - Eu também estou registado no forum kayak de mar - españa

publicado por vigoras às 19:15
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.tags

. kayak(26)

. s. joão da madeira(15)

. pensamentos(13)

. anedota(11)

. enigma(11)

. ptc(8)

. amigos da pagaia(7)

. politica(7)

. política(5)

. aborto(4)

. anedota da vida real(4)

. férias(4)

. fumar(4)

. geocaching(4)

. kayak de mar(4)

. mulher(4)

. neobux(4)

. sipre(4)

. 8ª avenida(3)

. berlengas(3)

. psd(3)

. referendo(3)

. ria de aveiro(3)

. slb(3)

. 25 de abril(2)

. brasil(2)

. cds/pp(2)

. china(2)

. futebol(2)

. hospital s. sebastião(2)

. part-time(2)

. produtividade(2)

. saúde(2)

. sesimbra(2)

. tróia(2)

. 1 de maio(1)

. 25-7-2007(1)

. 29 de fevereiro(1)

. actualidade(1)

. adivinha(1)

. água da companhia(1)

. alô angola(1)

. ambiente(1)

. andré sardet(1)

. art'douro(1)

. bike(1)

. bonecos(1)

. castelo do bode(1)

. chile(1)

. cinema(1)

. civismo(1)

. convite(1)

. curiosidade(1)

. curiosidades(1)

. david santos(1)

. défice público(1)

. descidas(1)

. dia dos namorados(1)

. dia mundial da água(1)

. dia mundial da alimentação(1)

. dia mundial da criança(1)

. dióxido carbono(1)

. eça de queiroz(1)

. educação(1)

. el solitário(1)

. espanha(1)

. espírito de grupo(1)

. estou...(1)

. factos(1)

. familia(1)

. fátima a pé(1)

. fernando pessoa(1)

. fmi(1)

. frases(1)

. hipotermia(1)

. jantar(1)

. jardim de infância(1)

. kayak polo(1)

. kayak-polo(1)

. liberdade(1)

. lotbux(1)

. madeleine(1)

. matemática(1)

. mineiros(1)

. moon cake(1)

. murano evolution(1)

. nazaré(1)

. nuno gomes(1)

. oe2011(1)

. óleo alimentar usado(1)

. país real(1)

. pasta de papel(1)

. paulo lisboa(1)

. peido(1)

. peregrinação(1)

. petição(1)

. poluição(1)

. porquê(1)

. porto bike tour(1)

. primavera(1)

. todas as tags

.links

.Mapa Mundo

Locations of visitors to this page

.Nº de Visitantes

Web Counter
HTML Counter
online
blogs SAPO